segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

SAUDADE DE PAI

Adoro ouvir o som dos teus pezinhos ligeiros batendo ao chão, me fazendo esperar de braços abertos a tua chegada.
Aquele teu sorriso maroto, e aquele pulo que quase me quebra o pescoço, me faz sentir o teu amor.
Me fazes sentir enorme quando falo grosso e você acata, mas me faz sentir uma criança, quando me surpreende com tuas perguntas precoces.
Você é minha criança, quando eu digo que não podes fazes certas coisas, mas já é uma "mocinha" quando tens que deixar de fazer outras.
Mesmo morto e cansado, minha energia retorna quando você grita "PAPAI VOCÊ CHEGOU!"
Quando esfrega a fraldinha no nariz, querendo dormir, e com a outra mãozinha me acaricia, meu coração parece explodir.
Me fazes sentir teu herói quando pedes meu colo, quando corre pra mim.
Me perdoa as vezes que não te fiz dormir ao em meu colo, queria que não fosse assim.
Me fizestes envelhecer mais, quando você nasceu, me tornar homem,
mas me fazes querer extender a minha velhice, só pra passar mais tempo junto a ti, e te ver crescer.
Eu te digo, "boa viagem minha filha!" e volta breve, eu te quero sempre essa luz, que me faz ser, um outro ser,
Alguém que tem cautela, pra não interromper o prazer de dizer "minha filha"
As lágrimas que agora escorrem em meu rosto, me deixam satisfeito em saber que tenho os nervos, e um sangue corre em mim, o mesmo que corre em ti, e um coração que bate, por ti
Papai te ama minha filha, boa viagem.

5 comentários:

Golby Pullig disse...

Amor que não tem preço. Lindo texto, linda filha. Calma, um dia vcs voltam a se reencontrar. Beijo grande

maressa kelen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maressa Kelen disse...

Fazendo a leitura do texto, pude sentir, enquanto mãe, a sensação de cada ação sitada...emocionante.
Enorme beijo!

Nádia disse...

Diego, vc é um pai maravilhoso, sua filha vai ter muito orgulho de vc. Bj da amiga Nádia.

maressa kelen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.